Crítica

Crítica: O Juiz

CP_criticaojuiz_2

Robert Downey Jr. e Robert Duvall lideram o elenco principal do filme O Juiz, onde ambos terão de desafiar os seus problemas familiares no tribunal.
A história principal centra-se em Hank Palmer (Robert Downey Jr.) um advogado de sucesso que nunca tenciona perder um caso, auto-confiante, acredita que a lei pode ser interpretada de forma a incriminar ou a defender o suspeito, “Innocent people can’t afford me”. No entanto é uma triste chamada que o faz voltar à sua terra natal onde passou a infância e adolescência, lugar que prometeu não voltar. A morte da mãe faz Hank reencontra-se com a sua família: os dois irmãos e o seu pai (Robert Duvall), o juiz veterano e muito respeitado na região, com quem nunca teve uma relação amigável. Mas terão de dar tréguas a esses sentimentos porque a polícia acredita que Joseph Palmer é o responsável pela morte de um homem que condenou à 20 anos. Durante este processo de procura da verdade, e provar a inocência do pai, Hank descobre que a cada revelação que surge existe uma probabilidade maior da condenação. Mas devido a essa situação, vai reencontrar o elo de ligação perdido á muito com a família. O Juíz, apesar do título não é um filme sobre o tribunal nem sobre a investigação de um crime, esta é uma narrativa sobre as relações pessoais de uma família disfuncional.
[Continuar a ler]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s