Crítica

Até ao Osso

Título: To the Bone
Ano: 2017
Realização: Marti Noxon
Interpretes: Rebekah Kennedy, Lily Collins, Dana L. Wilson…
Sinopse: Uma jovem mulher que luta contra a anorexia. Ela conhece um médico pouco convencional que a ajuda a enfrentar a situação e a conseguir lidar com a vida.

Faltam mais filmes assim. Duros e reais. A Netflix recuperou a história de casos reais de pessoas com anorexia. Lily Collins interpreta Ellen uma jovem com dificuldades em comer. A sua família complicada, os amigos e a doença são bem retratados neste filme de Marti Noxon. O processo doloroso da recuperação, o bater no fundo e o levantar. A peça fundamental para o equilíbrio é mesmo a pessoa afetada. Apenas ela com a sua força de vontade se pode reerguer. “Até ao Osso” faz jus à realidade da doença anorexia. Não é só quem tem a doença que sofre, mas os familiares também.

to the bone-2

A atriz Lily Collins, em adolescente também batalhou contra o distúrbio alimentar. A sua experiência foi importante para a construção da Ellen. A atriz emagreceu para o papel, mas de forma saudável, com a ajuda de uma nutricionista. Apesar começar de um modo quase banal e divertido, o argumento começa a ficar mais sério à medida que avança. As dificuldades começam a surgir e nem mesmo a terapia alternativa do Dr. Beckham (Keanu Reeves) existe progresso. Por vezes é preciso deixar-mos cair, para perceber o quanto mal estávamos. O filme é razoavelmente bom, contudo não é conclusivo, mas isso já seria outra história. O blogue atribui 3 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Séries

Pequenas Mentirosas

“Pequenas Mentirosas” ou em título original “Pretty Little Liars” foi durante sete temporadas um carrossel de emoções. Baseado nos livros de Marlene King, esta série de televisão baseia-se num grupo de amigas e no desaparecimento de uma delas. Spencer (Troian Bellisaro), Aria (Lucy Hale), Hannah (Ashley Benson) e Emily (Shay Mitchell), procuram pela amiga Alison (Sasha Pieterse) . A partir daí começam a ser ameaçadas por um anónimo que se auto intitula de “A”, alegando expor os segredos das jovens. Claro que arrastaram o mais possível sobre a identidade do dito cujo. Apenas na sexta temporada foi revelado o culpado. Depois, de quase todas as personagens terem passado por ser o “A”, devido aos segredos que gravemente escondiam. Depois na última temporada houve mais história e mais um culpado que por incrível que pareça ainda conseguiu ser surpreendente.

pll

“Pretty Little Liars” é uma série diferente. Porquê? Bem porque junta nas condições certas, drama, muito mistério e ainda comédia, principalmente os momentos com a personagem Hannah. O enredo repleto de teorias de conspiração cola mesmo ao ecrã, o único problema é que a série enrolou bastante e já cansava. O seu rápido sucessos foi a causa principal da demora a terminar. O elenco composto por jovens atrizes, cresceram profissionalmente com estes papeis que lhe valeram a fama. Quanto a mim, comecei a ver esta série desde o início e senti-me atraída à história de segredos e manipulação. Contudo os produtores conseguiram sempre manter a impressibilidade dos acontecimentos, sendo que o espectador nunca suspeitava sobre quem seriam os verdadeiros vilões, sempre desconfiando de todas as personagens. Quanto ao final foi feliz para as pequenas mentirosas, no entanto continuou aberto para uma outra possível história. Além disso “Pretty Little Liars” conseguiu uma série spin-off, sobre o tema sobrenatural. “Ravenwood“, apenas durou uma temporada.


Crítica

O Mistério da Rua 7

Título: Vanishing on 7th Street
Ano: 2010
Realização: Brad Anderson
Interpretes: Hayden Christensen, Thandie Newton, John Leguizamo…
Sinopse: A população de Detroit desapareceu quase completamente, apenas alguns se mantém. Enquanto o dia desaparece, eles rapidamente se apercebem que o escuro os persegue e não têm boas intenções.

Vanishing on 7th street-3

Este filme de suspense até se mantém com uma ideia interessante, mas não conseguiu atender ao interesse do público. Hayden Christensen lidera este drama misterioso sobre o desaparecimento quase total dos habitantes de Detroit. “Engolidos” pela escuridão. Os últimos sobreviventes só conseguem se manter vivos através da luz, que cada vez mais se encontra mais escassa. O filme apresenta um desenvolvimento lento e pouco explicativo. Quatro estranhos encontram-se na adversidade da situação, mas rapidamente percebem que a causa dos desaparecimentos são sombras que surgem na escuridão.

Cada uma das personagens mantém a sua história pessoal, mas mesmo durante aquele fim do mundo não se conectam entre si. Factor duvidoso já que em filmes apocalípticos é natural existir uma força no grupo principal.

Vanishing on 7th street-2

Os atores não convencem e isso consegue-se perceber. A história é fraca, o argumento é pobre e o final demasiadamente inconclusivo. Houve momentos esperançosos de um filme até com alguma qualidade, mas logo esse sentimento desvanece. “O Mistério da Rua 7” não vale nem o esforço de ligar a televisão e ver o filme. O blogue atribui 2 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2

Promoção

A febre de “Guerra dos Tronos” voltou

A sétima temporada já começou e agora preparem-se para o spam da série “Guerra dos Tronos”. Em Portugal podem assistir aos episódios no canal Syfy. Enquanto chega e não chega novos episódios (ter de esperar uma semana é uma seca) ficamos de olhos vidrados no merchandising que existe o tema. Ora vejam.

Merchandising Guerra dos Tronos

T-Shirt Targaryen: Unkind 19,90€

Funko Pop Cercei Rainha: Pop Addiction 13,50€

Jogo Tabuleiro Monopólio: Worten 64,99€

Livro “Reino do Caos” de George R.R. Martin: Wook 13,32€ (40% de desconto)

Caneca Casa Stark: Fnac 7,99€

Diary

Férias

Como perceberam pelo título, o blogue vai entrar de férias. Não se preocupem, porque será breve, e prometo que depois trago novidades. Já tenho publicações adiantadas para o meu regresso. Além disso vou aproveitar para ver mais filmes e séries. O meu objetivo é ver três filmes por semana e ainda terminar séries pendentes como: a primeira temporada de “Sabrina a Bruxinha Adolescente“, a segunda temporada de “Bates Motel“, a segunda temporada de “Versailles“, e “Prison Break” revival. Agora como vou ter mais tempo, o canal do Youtube não será esquecido. Além disso podem acompanhar as minhas aventuras no meu Instagram.

See you soon.
XOXO

Crítica

Sabrina A Bruxinha Adolescente

Título: Sabrina the Teenage Witch
Ano: 1996
Realização: Tibor Takács
Interpretes: Melissa Joan Hart, Sherry Miller, Charlene Fernetz, Ryan Reynolds…
Sinopse: Uma rapariga enviada pelos seus pais para ir viver com as tias excêntricas. No seu 16º aniversário descobre que é uma bruxa.

Podia estar aqui a falar-vos da série de televisão, bem conhecida. Mas não. Para já não, porque antes da televisão, “Sabrina a Bruxinha Adolescente” foi um filme. Isso nem todos sabem, e eu também só descobri, porque voltei a rever os episódios. Baseado na banda desenhada de  Archie Comics, Sabrina foi representada em live-action. Interpretada pela atriz Melissa Joan Hart, será sempre Sabrina, tanto no filme como na série de televisão (esta foi a única personagem que se manteve, com excepção da atriz Michelle Beaudoin).

O filme também mantém uma história diferente da série televisiva. Sabrina descobre na mesma os seus poderes de bruxa aos 16 anos, mas num ritual completamente diferente. Além disso, Harvey é o seu melhor amigo, que vive secretamente apaixonado pela protagonista, e não o contrário. Sabrina por outro lado mantém-se interessada por Ryan (Ryan Reynolds) o rapaz mais popular da escola, que tem uma namorada e essa será a sua rival.

Sabrina Teenage Witch-filme-1

O filme é mais direccionado ao público juvenil, contudo com o falta de novas histórias para contar, o enredo foi transformado numa série de televisão. É notório também um baixo orçamento, sendo que a utilização de feitiços é muita escassa, estava à espera de algo mais divertido. A história em si é bastante previsível e não acrescenta nenhuma inovação. Na minha opinião a série de televisão consegue ser bem melhor do que o filme. O blogue atribui 2,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Diary, Promoção

Biotherm Skin Fitness

Hoje trago-vos grandes novidades. A Biotherm lançou uma nova gama, a pensar nas mulheres ativas. Apresento a Skin Fitness. Composta por três mágicos produtos: a Instant Smoothing & Moisturizing Body Treatment; Firming & Recovery Body EmulsionPurifying & Cleansing Body Foam. Nós treinamos e a Biotherm cuida da nossa pele.

Biotherm-SkinFitness1-BlogBeautifuldreams

Instant Smoothing & Moisturizing Body Treatment: Purifica e hidrata a pele de uma forma eficaz, removendo as impurezas derivadas do treino. Enriquecido com AHAs e Spirulina este creme de limpeza irá deixar a tua pele suave e saudável.

Firming & Recovery Body Emulsion: É um facto que durante o treino o corpo perde água. Por isso surgiu este creme. Deixa a pele hidratada, completa com a energia em falta na superfície da pele e é tudo o que o corpo necessita para recuperar. Enriquecido com Camphor, Magnésio e Sódio.

Purifying & Cleansing Body Foam: Este é o antídoto perfeito para o corpo desidratado, provocado pelos raios UV, o frio, o vento e a frição das roupas. Tudo pode ser uma causa para o desgaste da nossa pele. Este gel leve, recupera o desgaste devido às condições do treino, melhorando a suavidade. A sua fórmula é perfeita para pernas, braços e mesmo para cotovelos e joelhos.

Biotherm_Beautifuldreams

Continue reading “Biotherm Skin Fitness”

Diary

E como foi a Comic-Con 2017…

Nesta altura são sempre revelados nos trailers e informações sobre as séries e filmes que amamos. Este não foi exceção. Com muita emoção à mistura, podemos conhecer cenas de filmes aguardados como “Justice League”, “Thor” e de séries como “Stranger Things” e “Defenders”. Aqui fica a lista do melhor.

Thor Ragnarok

A Marvel pode estar a guardar o trailer de Infinity War a sete chaves, mas enquanto isso deliciamos-nos com o novo trailer do filme “Thor”.

Justice League

A DC também se manteve em força este ano no Comic Con. O trailer do filme “Justice League” era um dos mais aguardados para o filme que estreia este ano. O Wonder Woman foi um sucesso e esperemos que este consiga ir pelo mesmo caminho. Conhecemos o vilão e também uma longa abordagem dos nossos heróis.

Continue reading “E como foi a Comic-Con 2017…”

Promoção

Maquilhagem da Marvel

A marca coreana The Face Shop volta a inovar. Desta vez juntou aos seus produtos uma nova coleção baseada nos heróis Marvel. Pó Compacto do Capitão América, Batôn do Homem-Aranha e Rímel da Viúva Negra, sim existe. Estejam preparados que este verão de 2017 vai ser mais cheio de cor. Esta edição limitada de produtos não sei se chegará a Portugal. Clica nas imagens para mais pormenores.