Crítica: Tom e Jerry e a Fábrica de Chocolates

Os clássicos de Tom e Jerry junta-se a outra história por nós conhecida: Charlie e a Fábrica de Chocolate. Desta vez o gato e rato vão se dar bem e ajudar o jovem Charlie a conseguir entrar na fábrica de Willy Wonka.

A clássica animação do Tom & Jerry que nos acompanharam durante a infância voltam a ressurgir neste filme de 2017. Uma animação ainda bastante recente que junta os nossos protagonistas a uma história também muito bem conhecida como “Charlie e a Fábrica de Chocolate“. Também fizeram outros filmes como “Feiticeiro de Oz” e “Quebra-Noz”. Nesta longa-metragem, Jerry e Tom, não andam durante todo o tempo a tentar maltratar o outro, com várias armadilhas e cadilhos. Pelo contrário, juntam-se com um objectivo em comum: ajudar Charlie a conseguir o último bilhete dourado para a fábrica de chocolate de Willy Wonka.

A narrativa segue a mesma sequência da história original, o que é fantástico. Pois conseguiram juntar dois clássicos num só. Tom e Jerry passam por muitas aventuras, que não são faladas, mas onde percebemos bem a intenção de cada um. Tornou-se um serão bem descontraído. Só tive pena da falta de cuidado na animação deste filme. Mostrou-se muito desleixada e nada natural. Por um lado queriam recordar os clássicos, mas por outro não tiveram essa capacidade. A animação estava muito fraquinha o que impossibilitou a apreciação mais exigente no filme. Contudo fomos brindados com fortes momentos que marcam estas duas personagem, numa história única e claro, com um final feliz.

Por vezes recordar estes clássicos da infância é mesmo o ingrediente que nos faltava para animar o nosso dia. Mesmo que o filme não valha grande coisa. Contudo valeu para reviver e recordar o sucesso que foi o Tom & Jerry, pois os miúdos de hoje em dia dificilmente conheceram estas personagens. O que é uma pena. O blogue atribui 2,5 estrelas em 5.

Rating: 2.5 out of 5.

Os meus filmes favoritos para ver no em época Natalícia

Esta a chegar aquela altura do ano em que sabe bem assistir a filmes que nos aquecem o coração, embrulhadinhos numa manta, deitados no sofá a ainda a beber chocolate quente e comer umas bolachinhas. Aqui está a minha lista para fugir um pouco ao típico “Sozinho em Casa“.

Amor Acontece

love

“Love Actually” é aquele filme obrigatório no natal. Comédia simples ao mais alto nível, romance, ternura e espírito natalício. Com um elenco fantástico incluindo Emma Thompson, Alan Rickman, Colin Firth, Hugh Grant e Keira Knightley. O melhor pode acontecer quando menos esperamos. Eu falo por mim, este filme tenho mesmo de assistir todos os anos, sem excepção.

Um Conto de Natal

um-conto-natal

Todos conhecemos a história do antipático Mr. Kruger,. Um homem frio e solitário que na noite de Natal é visitado por três espíritos. O espírito do passado, do presente e o do futuro. Neste filme existe a mensagem sobre o verdadeiro significado o natal. É tempo de paz, família, e amizade.

Nightmare Before Christmas

nightmare before christmas 1

Com dúvida se devemos assistir a este filme no Halloween ou no Natal, eu sugiro que vejam nas duas épocas. Jack Skellington sempre sentiu-se deslocado da sua terra assustadora, não sabia que existia mais além do que conhecia, até que descobre a aldeia do Natal. Luzes, crianças felizes, presentes e sorrisos é tudo o que pode esperar deste novo lugar. Num filme bastante musical e cheio de graça.

Elf – O Falso Duende

elf

Will Ferrel é um humano que sempre viveu com os duendes. Cresceu no Polo Norte ao lado dos ajudantes do Pai Natal, mas agora chegou a hora da verdade e tem de conhecer as suas raízes humanas. Buddy terá que aprender a misturar no planeta terra, tão diferente do mundo que conhecia.

Harry Potter

harry potter

Por mais vezes que apareça na televisão, eu não me importo. Assisto a cada filme do Harry Potter como se fosse a primeira vez. Seja qual for. Aquele espírito de magia paira no ar e Hogwarts faz lembrar aqueles invernos frios.

Frozen

frozen_2013_movie-2048x1536

“Frozen” foi um estrondoso sucesso da Disney. A música “Let it go” foi das mais cantadas nesse ano, sem dúvida. E quem não conhece “Do You Wanna Build a Snowman?“. O frio e a neve faz lembrar o natal. E como se diz que é na maioria das crianças este é um filme que todos adoram. Pode ser over rating mas trouxe novamente aquela magia um pouco esquecida da Disney e das músicas que não querem sair da nossa cabeça.

As Crónicas de Nárnia: O leão, a feiticeira e o guarda-roupa

narnia

Os clássicos de C.S. Lewis ganharam um novo alento quando a sua obra foi lançada no cinema. O primeiro de filme de “As Crónicas de Nárnia” foi o melhor. Quatro irmãos lutam para salvar o destino de uma terra mágica. A rainha de gelo está a fazer de tudo para que não consigam cumprir a missão. Este é um filme mágico e bonito para esta época.

Feliz Natal Charlie Brown

charlie-brown

Todos os anos pode ser a mesma coisa, mas todos os anos tem sempre um novo encanto. O natal de Charlie Brown é dos filmes mais vistos nesta época e é tão lindo. Ideal para assistir na manhã de Natal, vale mesmo a pena.

Charlie e a Fábrica de Chocolate

charlie

Johnny Depp é a estrela deste filme de Tim Burton. E qual a melhor época para comer chocolate? O Natal of course. Willy Wonka o dono da majestosa fábrica de chocolate deseja encontrar o seu sucessor, mas esse será um trabalho árduo e só alguém com bom coração pode ser o grande sortudo. Um filme que faz crescer a água na boca.

Que Paródia de Natal

parodia-natal

O Natal é uma época de paz e convivo, mas para a família Griswold nada disso aconteceu. Num filme divertido liderado por Chevy Chase (quando atingia o auge da sua carreira de ator de comédia) conhecemos uma série de desgraças que vai mudar para sempre esta época que prometia umas férias tranquilas.