Crítica

Mulher-Maravilha

Uma emocionante obra cinematográfica onde o poder feminino prevalece.

Depois da personagem nos ter sido apresentada em “Batman V Superman: O Despertar da Justiça” no ano passado, chegou a altura da Mulher Maravilha ter um filme só seu. Personagem carismática da DC, tem muitos fãs, e já recebeu várias adaptações, mas ainda nada no cinema. O plot principal da história da nossa heroína está espelhado na fotografia com quase 100 anos que Batman descobre. Na foto a protagonista pousa ao lado de combatentes durante a I Guerra Mundial. Antes de ser Mulher Maravilha como é por nós conhecida, era Diana (Gal Gadot) Princesa Amazona de Temiscira, e semi-deusa treinada para ser uma guerreira. O seu mundo muda quando conhece Steve Trevor (Chris Pine) um piloto/espião que lhe explica o terror vivido durante a I Guerra Mundial.

“I will fight, for those who can not fight for themselves”

É com este grito de independência que a jovem guerreira, contra a vontade de sua mãe Hipólita (Connie Nielsen) decide lutar ao lado dos humanos na frente da batalha.

[LER MAIS]

O que não sabias sobre....

O que não sabias sobre…Gal Gadot

A atriz israelita de 30 anos foi a escolhida para ser a Mulher Maravilha no cinema. Depois de um vislumbre da sua personagem no filme “Batman V Super-Homem: O Despertar da Justiça“, já está em gravações para um filme próprio da sua personagem. Enquanto isso, fica a conhecer melhor Gal Gadot.

1. Antes de ser escolhida para o seu papel como atriz, Gal Gadot tinha uma carreira como modelo. Inclusive em 2004 ganhou o título de Miss Israel numa competição com 18 anos. Depois como obrigatório no seu país, cumpriu 2 anos de serviço de forças de defesa, antes de entrar na universidade. Optou pelo curso de direito e enquanto estava a estudar, foi descoberta por uma produção de cast.

Gal Gadot-37

2. A equipa do cast escolheu Gal para participar no filme Quantum of Solance. Gal fez o casting para Bond Girl, camille Montes, mas não foi escolhida. Entretanto o director de casting, contratou-a para o filme Velocidade Furiosa 5, o seu primeiro papel. A personagem Gisele deu-lhe popularidade.

Gal Gadot-6

3. Como podemos verificar no filme Velocidade Furiosa a sua personagem adora a adrenalina  e motos. A atriz possui uma 2006 Ducati Monster-S2R preta. Também é muito desportista, já chegou a praticar voleibol, basquetebol e ténis.

Gal Gadot-1

4. Foi-lhe oferecido o papel de Faora-Ul no filme Men of Steel, mas recusou devido à sua gravidez na altura. Em Novembro de 2011, Gadot e o seu marido Yaron Versano, foram pais de uma menina chamada de Alma.

Gal Gadot-2

5. Inicialmente Gal não tinha a mínima ideia  de que estava a fazer audição para o papel de Diana Prince/Mulher-Maravilha. A única informação que tinha era que estava a ser o guião um um filme de Zack Snyder, com Ben Affleck no papel principal. Durante a sua primeira audição, a atriz leu um excerto de Death Proof de Quentin Tarantino.

Gal Gadot-5

6. Gal Gadot ultrapassou atrizes como Olga Kurylenko, Elodie Yung e Jaimie Alexander para o papel de Mulher-Maravilha. As obrigações de Jaimie como elenco do filme da Marvel reduziu as suas hipóteses. Em Dezembro de 2013, Gal foi anunciada publicamente como esta personagem. Depois de Batman V Super-Homem, Gal será Mulher Maravilha num filme próprio e em Liga da Justiça.

Gal Gadot-4

7. Gadot já estava na mira de outros directores de casting. A atriz quase que foi escolhida para ser Gamora no filme “Guardiões da Galáxia“.

Gal Gadot-3

Crítica

Crítica: Batman V Super-Homem – O Despertar da Justiça

batman V Superman-1

Título: Batman V Superman: Dawn of Justice

Ano: 2016

Realização: Zack Snyder

Interpretes: Ben Affleck, Henry Cavill, Amy Adams, Holy Hunter, Jesse Eisenberg…

Sinopse: Depois das ações do Super-Homem, Batman tenta derrotar o homem de aço, mostrando às pessoas o verdadeiro herói que necessitam.Com Batman e Super-Homem a lutarem entre si, Lex Luthor começa com uma nova ameaça. Em momento de crise é necessárioos heróis entenderem-se, e com a ajuda da Mulher-Maravilha derrotarem uma ameaça maior.

Btaman V Superman-2

Vamos esquecer por um momento as críticas. Não devemos deixar de ver um filme, só porque a opinião de alguns não cumpre as expectativas. Devemos vemos o filme para descobrirmos a nossa própria opinião. Apesar das más reviews, Batman V Superman não se mede aos palmos e já entrou no top de filme mais visto no fim-de-semana de estreia, e isso só quer dizer que os heróis ainda fazem lucrar. O realizador Zack Snyder volta a aventurar-se em histórias de super-heróis. Depois de Homem de Aço que se tornou um fracasso, Snyder apelou novamente à ajuda de Chritopher Nolan para o filme Batman V Superman que junta os dois heróis ovos de ouro da DC Comics. O realizador aprendeu com os erros do passado e este filme apresenta-se mais cuidadoso, apesar de ainda conter falhas. Ben Affleck está claramente no centro do história e superou excessivamente as expectativas para o papel de Batman. Em 2014 quando foi anunciado Ben Affleck como homem-morcego, o ator foi bombardeado de críticas negativas. Afinal depois de um excelente Christian Bale em “Cavaleiro das Trevas” o público já estava satisfeito. Mas este é um filme de oportunidades que além de Affleck apresentar-se como um Batman, um pouco mais velho, cumpre com todos os requisitos da personagem. Como equilíbrio feminino temos Gal Gadot como Mulher-Maravilha. No trailer a sua presença parecia quase “descartável”, mas afinal serviu como mote interessante para a apresentação da Liga da Justiça. Jesse Eisenberg apresenta-se como um Lex Luthor energético e com uma pitada de loucura, um dos melhores vilões desta geração, no entanto já tínhamos assistido a Jesse neste registo. Considero Henry Cavill um Super-Homem bem escolhido pois apresenta uma postura energética e uma atitude com bom-coração. Já Lois Lane (Amy Adams) está mais decidida neste filme, contudo a sua personagem é sempre escrita como donzela em apuros.

Batman V Superman-3

Red capes are coming, red capes are coming” e “Do you bleed? You will” já são frases que facilmente associamos ao filme. O argumento está cuidadosamente escrito, compreendo o quanto é difícil compactar a história de três fantásticas personagens em apenas quase 3 horas. Comparando com “Men of Steel” a história de Batman foi resumidamente bem elaborada, desde o assassinato dos seus pais, até à sua consagração como homem-morcego (apesar de considerar essa cena demasiadamente fantasiosa), passando pela ligação com o filme antecessor, até momento ao seu atual.

Snyder não se fica por aqui. Apresenta-nos um espectáculo luminoso na luta final, contra o vilão Doomsday. Com o recurso a um CGI pomposo, mas necessário. Houve planos de câmara bem pensados e consequentemente bem elaborados. As cenas de ação comprometeram-se a coreografias  fantasticamente delineadas. Não tenho nada a apontar  quanto ao confronto entre o Batman e o Super-Homem, foi um momento muito esperado, e não desiludiu. Excepto talvez como terminou e como facilmente os heróis “apertam as mãos”. O ambiente escuro e sombrio de Gotham e Metropolis torna o filme mais denso e inesperado. Outro factor que gostei foi aquela diferença entre “Man Vs God” que é descrita durante todo o plot.

As rápidas sequências e lapsos temporais, torna o destino das personagens bastante disperso. Entretanto situações inesperadas e confusas acontecerem e talvez aí esteja a maior falha do filme. Batman V Superman é considerado um filme para fãs. Mas claramente que para assisti-lo é necessário ter umas noções das histórias da banda desenhada e conhecer um pouco das personagens. Porque para quem esperava um filme descritivo da história de Batman e Super-Homem desengane-se, pois para tal seriam necessárias 10 horas de filme. Concluo a dizer que surpreendeu-me bastante (e acreditem não estava à espera de muito, já que Men of Steel deixou marca) e que apresenta-se como um espectáculo de entretenimento com heróis. O filme é um carrossel de acontecimentos e o final dá vontade para ver mais. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2