Momento Musical

Vídeo Musical – Tarzan


O cantor Phil Collins é a voz principal da banda sonora do filme de animação “Tarzan” da Disney. “You’ll Be In My Heart” é o tema principal do filme.

Anúncios
Crítica

Piratas das Caraíbas: Homens Mortos Não Contam Histórias

Título: Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales
Ano: 2017
Realização: Joachim Rønning, Espen Sandberg
Interpretes: Johnny Depp, Geoffrey Rush, Javier Bardem …
Sinopse: O Capitão Jack Sparrow procura o Tridente de Poseídon, enquanto está a ser perseguido por um navio com um pirata e tripulantes mortos.

Piratas das Caraibas-3

Johnny Depp é a estrela da Disney com a sua interpretação inigualável do Capitão Jack Sparrow. Neste quinto filme da saga Piratas das Caraíbas, passaram-se anos desde a última aventura. Um novo vilão surge nas águas misteriosas. O capitão Salazar do navio dos mortos tem uma dívida de vingança com Sparrow. O único que o manteve prisioneiro numa terrível maldição. Contudo a busca do protagonista, juntamente com Henry Turner, filho de Will, Carina Smyth, uma jovem acusada de bruxaria e o Capitão Barbossa, que procuram o Tridente de Poseídon, a arma poderosa dos mares, capaz de terminar com qualquer maldição. A narrativa até está interessante e ainda consegue surpreender. O passado de alguns é explorado e ainda revemos antigas personagens.

Piratas das Caraibas-2

O elenco é forte e fiel à sua personagem. Gostei de Javier Bardem como vilão, o temível Salazar. Toda a sua maldade é transmitida para esta personagem que só pela caracterização, aterroriza. A narrativa apresenta algumas falhas de situações previsíveis que podiam ser evitadas, contudo consegue colmatar essa distracção com momentos de humor, maioritariamente protagonizadas por Depp. Relativamente aos efeitos especiais estão bem vincados neste filme. Cores vibrantes que iluminam o ecrã. Nesse aspecto a Disney não desilude. Este filme deixa no ar a dúvida será que vai ter continuação. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

 

Crítica

Monstros E Companhia

Título: Monsters, Inc.
Ano: 2001
Realização: Pete Docter, David Silverman
Interpretes: Billy Crystal, John Goodman, Mary Gibbs…
Sinopse: De forma a conseguirem energia na cidade, os monstros tem a função de assustar crianças. No entanto as crianças são tóxicas para os monstros e quando uma criança passa a barreira de mundos, dois monstros percebem que as coisas são diferentes de como imaginaram.

A Pixar já nos habitou a grandes histórias. Monstros & Companhia foi dos seus primeiros sucessos. A narrativa foca-se nos monstros Sulley e Mike que trabalham numa empresa para assustar crianças e fazê-las gritar, para assim conseguirem a energia necessária na cidade. Contudo os monstros não podem ter qualquer contacto com a criança, pois segundo eles, são tóxicas. A prespectiva de ambos muda, quando Boo, uma menina de 2 anos entra na dimensão dos monstros. A amizade é dos temas mais importantes desta obra cinematográfica, que mesmo apesar das diferenças, prevalece. O filme é bastante divertido e colorido o que se torna apelativo para o espectador de assistir.

Monsters Inc-1

São muitos os momentos engraçados protagonizados por Boo e Sulley. A animação pode já ter uns anos, mas a qualidade que a Pixar fornece às suas obras é impecável. Quase como se fosse um filme de animação atual, no entanto já tem 16 anos em cima. Monstros & Companhia conseguiu uma prequela onde explicava a amizade de Sulley e Mike na Universidade. Esta obra cinematográfica é divertida e ideal para crianças e adultos. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Crítica

Alice do Outro Lado do Espelho

Título: Alice Through the Looking Glass
Ano: 2016
Realização: James Bobin
Interpretes: Mia Wasikowska, Johnny Depp, Helena Bonham Carter…
Sinopse: Alice volta ao misterioso mundo das Maravilhas e viaja através do tempo, para salvar o Chapeleiro Louco.

Alice Through Looking Glass-2

Eu já não gostei muito da versão de Tim Burton. Este foi igual. Mia Wasikowska volta a interpretar Alice na versão live-action da Disney. Desta vez com um novo desafio: salvar a vida do chapeleiro louco (Johnny Depp) que acredita que a família ainda está viva. Alice desintegrada no mundo real, terá de voltar ao País das Maravilhas e viajar no tempo para descobrir a verdade, enquanto enfrenta novamente a Rainha Vermelha. Num mundo de fantasia, viagens no tempo, e com roupas e casas abstractas conhecêssemos o passado de algumas das personagens.

As cores vibrantes são o factor mais positivo do filme, mas tal não ajuda ao seu sucesso. Mia Wasikowska, Johnny Depp, Helena Bonham Carter e Sacha Baron Cohen apresentam desempenhos desleixados e incapacitados de compaixão necessária para trazer estas personagens à vida. Esta obra cinematográfica afoga-se na sua falta de transparência e sinceridade no trama.

Alice Through Looking Glass-3

Alice Through the Looking Glass” não satisfaz. Um filme de domingo que nem valia a pena existir. O argumento não enche as medidas e as personagens não conseguiram ter o desenvolvimento que precisavam. Claramente que o final apresenta uma mensagem sobre todo o processo, mas não ajuda ao benefício da sua classificação. O blogue atribui 3 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Vício do Momento

“Bela e o Monstro” coleção na Primark

A Primark apresenta a sua coleção inspirada na vibe de “A Bela e o Monstro”. O último filme live-action da Disney (podem ler a crítica aqui). Depois do sucesso de vendas da caneca Chip, que esgotou em todas as lojas o stock já foi reposto e em setembro terá uma companhia. Além disso podemos encontrar uma grande variedade de produtos associados ao tema. Desde pijamas, t-shirts e acessórios, criados para várias idades e para vários estilos. Aqui ficam alguns dos produtos em destaque.

BeautifulDreams-Primark