Vencedores dos Oscares

Vencedor de Melhor Filme é: «O Artista»

Vencedor de Melhor Realizador é:  Michel Hazanavicius «O Artista»

Vencedor de Melhor Ator é: Jean Dujardin «O Artista»

Vencedora de Melhor Atriz é: Meryl Streep por «Dama de Ferro»

Vencedor de Melhor Ator Secundário é: Christopher Plummer, por «Assim é o Amor»

Vencedora de Melhor Atriz Secundária é: Octavia Spencer, por «As Serviçais»

Vencedor de Melhor Argumento Original é: Woody Allen, «Meia-Noite em Paris»

Vencedor de Melhor Argumento Adaptado é: Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash, «Os Descendentes»

Vencedor de Melhor Long-Metragem de Animação é «Rango»

Vencedor de Melhor Filme de Língua Estrangeira é: «Uma Separação», Irão

Vencedor de Melhor Direção Artística é: «A Invenção de Hugo»

Vencedor de Melhor Fotografia é: «A Invenção de Hugo»

Vencedor de Melhor Guarda-Roupa é: «O Artista»

Vencedor de Melhor Montagem é: «Millenium 1 – Os Homens que Odeiam as Mulheres»

Vencedor de Melhor Caracterização é: «A Dama de Ferro»

Vencedor de Melhor Banda Sonora Original é: Ludovic Bource, «O Artista»

Vencedor de Melhor Canção Original é: «Man or Muppet», de «Os Marretas», Música e Letra de Bret McKenzie

Vencedor de Melhores Efeitos Sonoros é: «A Invenção de Hugo»

Vencedor de Melhor Som é: «A Invenção de Hugo»

Vencedor de Melhores Efeitos Visuais é: «A Invenção de Hugo»

Vencedor de Melhor Documentário de Longa-Metragem é: «Undefeated», de TJ Martin, Dan Lindsay e Richard Middlemas

Vencedor de Melhor Documentário de Curta-Metragem é: «Saving Face»

Vencedor de Melhor Curta-Metragem de Animação é: «The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore»

Vencedor de Melhor Curta-Metragem de Imagem Real é: «The Shore»





Os melhores filmes biográficos

Cleópatra

Elizabeth Taylor, Richard Burton e Rex Harrison são as estrelas nesta arrebatadora história de poder e traição. O lendário conto da Rainha do Nilo e a sua vitória sobre Júlio César e Marco António apresenta o inesquecível retrato desta poderosa mulher de irresistível beleza que seduziu dois dos mais poderosos soldados romanos e mudou o rumo da história. Poderoso na sua grandiosidade visual e técnica, o filme foi premiado com Óscares nas categorias de Melhor Direcção de Fotografia, Direcção Artística, Guarda-Roupa, Cenários e Efeitos Especiais.


Alexandre, O Grande

Um destemido rei guerreiro, cheio de ambição, coragem e a arrogância própria da juventude, lidera as suas forças em muito menor número contra os massivos exércitos persas… Um filho desejando ansiosamente a aprovação do seu severo pai, marcado pelas cicatrizes das batalhas, dilacerado e em conflito com o legado da mãe… um impiedoso conquistador que nunca perdeu uma batalha e levou os seus soldados até aos limites do mundo como era então conhecido… um visionário cujos sonhos, feitos e destino ecoou através da eternidade, ajudando a moldar a face do mundo como hoje o conhecemos. Ele foi tudo isto e muito mais. Ele foi Alexandre, o Grande. Do realizador vencedor de três Óscares da Academia, Oliver Stone, chega- nos um monumental épico que conta com um majestoso elenco formado por Colin Farrell, Val Kilmer, Angelina Jolie e Anthony Hopkins.


Marie Antoinette

Noiva do futuro rei Luis XVI (Jason Schwartzman) com apenas 14 anos, a ingénua Marie Antoinette (Kirsten Dunst), é lançada na opulenta corte francesa, plena de escândalos e conspirações. Sozinha, sem apoio, à deriva num mundo perigoso, a jovem Marie Antoinette rebela-se contra a atmosfera isolada de Versailles e, no processo, torna-se na monarca mais incompreendida de França.


Elizabeth

Inglaterra 1554. Sob o reinado da rainha católica Mary I, o país ficou arruinado e devassado pelas lutas religiosas, na sua tentativa de impôr o catolicismo. Bem contra a vontade de Mary I, sucede-lhe por morte a sua meia-irmã Elizabeth Tudor, que aquela tentara condenar por traição, filha de Henrique VIII e de Ana Bolena. Elizabeth restabelece o protestantismo e o Papa excomunga-a o que abre as portas à inimizade da França e de Espanha. Aconselhada a um casamento de conveniência para obter uma aliança que lhe permita manter a coroa, Elizabeth sabe que tem que agir com firmeza, se não quiser sucumbir à Europa e à nobreza católica de Inglaterra. O filme tem continuação com a mesma atriz, em Elizabeth – Idade de Ouro.


Braveheart – O Desafio do Guerreiro

No século XIII, soldados ingleses matam a mulher do escocês William Wallace (Mel Gibson), na sua noite de núpcias. Ele resolve então liderar o seu povo numa vingança pessoal que acaba por deflagrar uma violenta luta pela liberdade. Este é um grande clássico cinematográfico.


Frida

Filme vencedor de 2 Oscares em 2003. A vida de Frida Kahlo partilhada abertamente com Diego Rivera e a tormentuosa relação do casal consigo e com a arte. Desde a longa e complexa relação que Frida desenvolveu com o seu marido e mentor, passando pela seu ilícito e controverso com Trotsky, até aos provocadores e românticos relacionamentos com mulheres.~


Amadeus

Este filme conta a história da vida de Mozart aos olhos do seu grande rival Salieri. Salieri, trinta e poucos anos depois da morte de Mozart, é levado para um asilo depois de uma tentativa do suicídio. Um padre vem a seu encontro para ouvir a sua confissão acerca da morte de Mozart, mas no entanto é levado a ouvir a história de como Salieri, conduzido pela inveja, tudo faz para destruir Mozart. Um grande filme, vencedor de 9 Óscares, incluindo o Óscar de melhor filme, melhor realizador e melhor actor.


 O Aviador

Filme biográfico sobre a vida de Howard Hughes, o multi-milionário americano da indústria aeronáutica e do cinema, que teve uma vida que captou as atenções de todo o mundo, para o que muito contrinuiram os seus relacionamentos com duas sdas maiores estrelas de Hollywood: Ava Gardner e Katherine Hepburn. O protagonista é Leonardo Dicaprio.


Ali

Biografia da lenda do boxe, Muhammad Ali: as suas vitórias e derrotas, a sua conversão ao islamismo e a sua recusa em ir para o Vietnam. A vida do homem enquanto campeão e herói mediático. O protagonista do filme é Will Smith.


 Che

A 26 de Novembro de 1956, Fidel Castro parte para Cuba com oitenta rebeldes. Um deles é “Che” Guevara, um médico argentino que partilha com Fidel um objectivo – derrubar a ditadura corrupta de Fulgêncio Batista. Che torna-se uma força indispensável e rapidamente aprende a arte da guerrilha. À medida que segue para a frente de combate, Che é adoptado pelos seus camaradas e pelo povo cubano. O Argentino mostra a ascensão de Che na Revolução Cubana, de médico a comandante e, mais tarde, a herói revolucionário. Este é um filme dividido em duas partes.


Uma mente brilhante

Jonh Nash, diagnosticado como paranóide- esquizofrénico, distingue-se como matemático prodigioso ganha um prémio Nobel. John Forbes Nash, Jr. experimenta a notoriedade como cientista e a desgraça como louco. Um génio matemático, faz uma importante descoberta cedo na sua carreira que quase o leva à aclamação internacional. Mas o belo e arrogante Nash acaba por encontrar-se numa dura e dolorosa viagem de auto-descoberta. Após vários anos de luta, acaba por triunfar sobre a sua tragédia e, finalmente, no fim da sua vida, é reconhecido como prémio Nobel da Matemática.


Anne Frank

Baseado no aclamado livro de Melissa Müller, “Anne Frank”, leva-nos para além da história que já conhece e descreve-nos o verdadeiro retrato de Anne antes e depois de se refugiar. A história situa-se na Segunda Guerra Mundial.

Ray

Dirigido por Taylor Hackford (O Advogado do Diabo, Oficial e Cavalheiro), o qual passou os últimos quinze anos a trabalhar nesta história juntamente com Ray Charles, este filme capta a essência de um homem que simplificou as suas lutas e as transformou numa miríade de estilos musicais – Rhythm and Blues, Jazz, Rock & Roll, Gospell, Country e Western, ensinando ao mundo uma nova forma de ouvir: Ray Charles.


J. Edgar

Durante a sua vida, J. Edgar Hoover tornou-se no homem mais poderoso da América. Como chefe do FBI durante quase 50 anos, ele faria tudo para proteger o seu País. No período em que governaram oito Presidentes e se assistiu a três guerras, Hoover travou batalha contra todas as ameaças, muitas vezes quebrando regras para proteger os seus compatriotas. Os seus métodos eram, ao mesmo tempo, cruéis e heróicos. Hoover era um homem que dava grande valor aos segredos – particularmente os dos outros – e não tinha medo de utilizar essa informação de forma a exercer autoridade perante as principais figuras da Nação. Compreendendo que conhecimento é poder e que o medo cria oportunidade, ele usou ambos para ganhar uma influência sem precedentes, adquirindo uma reputação formidável e intocável. Muito reservado na sua vida privada mas também na sua vida pública, permitia apenas rodear-se de um restrito círculo de pessoas da sua confiança. O seu colega mais próximo, Clyde Tolson, também foi a sua companhia constante. A sua secretária, Helen Gandy, talvez tenha sido a pessoa que mais conhecimentos tinha acerca dos seus projectos e que a ele se manteve fiel até ao fim. Apenas a mãe de Hoover, que foi a sua inspiração e consciência, iria deixá-lo. A sua morte foi algo de esmagador para o filho que sempre procurou o seu amor e aprovação.


Walk the line

Em 1955, um inflexível e magrizela guitarrista-cantor, que se intitulava J.R.Cash, entrou nos que viriam a ser os famosos Sun Studios, em Memphis… Foi um momento que teria mais tarde um efeito indelével na cultura Americana. Arrancando ritmados acordes da sua guitarra, com grande intensidade no seu olhar de aço e uma voz tão profunda e negra como a noite, Cash cantou empoladas e corajosas canções de dor e sobrevivência, que falavam da vida real, como ninguém tinha ouvido antes. Esse dia foi o início da electrizante carreira de Johnny Cash como pioneiro de um som ferozmente original, que abriu caminho para as imortais estrelas do rock, country, punk, folk e rap, companheiros dos seus “tours” selvagens: Elvis Presley, Carl Perkins, Roy Orbison, Jerry Lee Lewis e Waylon Jennings…


La vie en rose

Dos bairros de lata de Paris até às luzes da ribalta de Nova Iorque, a vida de Edith Piaf foi uma batalha para cantar e sobreviver, viver e amar. Educada num ambiente de pobreza, a sua voz magnífica, os seus romances ardentes e as amizades que tinha com grandes nomes da época – Yves Montand, Jean Cocteau, Charles Aznavour, Marlene Dietrich, Marcel Cerdan e outros – fazem de Edith uma estrela conhecida em todo o mundo. Mas numa tentativa ousada em domar o seu destino trágico, o “Rouxinol de Paris” – a sua alcunha – voou tão alto que não conseguiu evitar queimar as suas asas.


A Dama de Ferro

Margaret Thatcher, a antiga Primeiro-Ministro, agora octogenária, está a tomar o pequeno-almoço na sua casa de Chester Square, em Londres. Apesar do seu marido, Denis, ter falecido há já alguns anos, a sua decisão de se ver livre finalmente do seu guarda-roupa desencadeou uma sucessão de memórias. Na realidade, quando ela se prepara para mais um dia, Denis aparece-lhe tão real como quando estava vivo – leal, adorável, travesso. O staff de Margaret expressa a sua preocupação a Carol Thatcher sobre a aparente confusão da sua mãe entre passado e presente. A preocupação torna-se mais forte quando, num jantar que oferece essa noite, Margaret recebe bem os seus convidados mas é depois distraída pelas memórias do jantar em que conheceu Denis pela primeira vez, 60 anos antes. Depois do jantar terminar, Margaret retira-se para o seu quarto, mas não consegue dormir. Levanta-se e põe-se a ver alguns filmes caseiros onde vê claramente os sacrifícios que fez na sua vida privada em proveito da sua carreira. No dia a seguir ao jantar, Carol persuade a sua mãe a ir a um médico. Margaret mantém que não há nada de errado com ela. Mas não revela ao medico nada sobre as suas vívidas memórias dos momentos chave da sua vida que a estão a impedir de dormir. De regresso a Chester Square, Margaret luta contra a crescente presença das suas memórias. Empacota todos os pertences de Denis e declara a sua independência – é claro que continuará a ter memórias mas também tem uma vida no presente – uma vida mais modesta que antes, mas mesmo assim uma vida que vale a pena viver.

Casamento Bella e Edward

O casamento mais esperado do cinema, chegou finalmente. Arrecadando milhares de fãs por todo o mundo a Saga Twilight teve como como momento épico o casamento entre a jovem Bella Swan (Kristen Stewart) e o vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson). Após muitas especulação sobre o vestido da noiva, 10 dias após o lançamento do filme nos cinemas, a verdade veio ao de cima, Carolina Herrera é quem assina o vestido escolhido.

Longo, simples, com mangas compridas o vestido é feito com cetim e rendas francesas Chantilly (um dos tipos de renda mais cara e preciosa do mercado atualmente), que aparecem nas costas e nos punhos. No total leva 152 botões para apertar a parte traseira e outros 17 para as mangas. O vestido feito especialmente para a medida da atriz, o vestido completo foi confeccionado por quatro costureiras ao longo de seis meses. Mas foram apenas precisos alguns dias após a estreia do filme nas salas dos cinemas para a existência de réplicas. A estilista Carolina Herrera pretende fazer novos modelos do vestido para a venda nas suas lojas, segundo a assessoria da marca isso deverá acontecer em Janeiro de 2012. Segundo a estilista esta inspirou-se “numa jovem inocente, que acredita no seu primeiro amor. E aí temos: romance, fantasia e mistério”. Já a escritora dos livros da saga afirma que imaginava que o vestido de noiva da Bella fosse “clássico, com um ar antigo, mas não vintage. Simples, elegante, com cetim e mangas longas“.

Portugueses em Hollywood

Completando o post anterior, este fala dos portugueses que conseguiram “vingar” no mundo Hollyodesco. Portugueses que participaram em séries ou filmes do na terra mais famosa da 7ª Arte.



Daniela Ruah

Jovem de 27 anos, Daniela Ruah, nasceu no seio de uma família portuguesa. A sua carreira como atriz iniciou-se aos 16 anos, quando foi convidada a interpretar o papel de Sara na novela Jardins Proibidos. Aos 18 anos Daniela decidiu continuar os seus estudos em Londres. Após terminar o curso, regressa a Portugal com o intuito de melhor a sua representação, destacando-se em papéis na televisão, cinema e teatro. Em 2007 ruma a Nova Iorque com o fim de melhorar a sua carreia, através de estudos em artes. A partir daí a sua vida profissional atinge o seu auge quando faz uma audição para participar na séria NCIS: Los Angels um spin-off da série NCIS, e conseguiu o papel de co-protagonista. Em 2010 foi nomeada pela Tenn Choice Awards, mas perdeu o prémio.



Joaquim da Ameida

 Joaquim de Almeida considerado como um dos melhores atores portugueses, partiu para os Estados Unidos da América com 18 anos, em 1974. Como sempre quis ser ator estudou numa escola muito popular americana Lees Stranberg Theatre and Film Institute, nela estudaram atores conhecidos como Angelina Jolie, Al Pacino e Robert De Niro. Conseguiu o seu primeiro papel no cinema em 1982, no filme The Soldier. A partir daí Joaquim de Almeida conseguiu mais lugar no cinema, mas eram filmes considerados de fiascos. Mas em 1995 é escolhido para fazer de vilão, Bucho no filme Desesperado , abriu-lhe as portas de Hollywood novamente. Com uma carreira nos EUA e em Portugal, Joaquim de Almeida fez parte da série 24 como Ramon Salazar Crusoee e fez uma pequena aparição na série CSI. Ainda este ano interpretou o vilão do quinto filme da saga Velocidade Furiosa. Joaquim de Almeida não pára.


Lúcia Moniz


Lúcia Moniz é uma cantora e atriz portuguesa que desde pequena se interessou pelo mundo das Artes. Mais conhecida pela sua música, sempre viajou entre Portugal e os Estados Unidos da América, gravando lá o seu primeiro trabalho discográfico. Lúcia apenas participou num filme americano, Love Actually (O Amor Acontece) nos finais de 2003. Interpretando Aurélia, uma jovem portuguesa com dificuldades na linguagem inglesa, apaixona-se pelo seu patrão Jamie (Colin Firth). Em 2009 gravou uma série do Canadá chamada de Living in a car .


Maria de Medeiros


Maria de Medeiros nasceu em 1965 e pode-se dizer que já passou por tudo ligado ás Artes: atriz de cinema, teatro e televisão; encenadora, realização e até cantora. Em 1990 inicia-se a sua carreira americana com o filme Henry e June onde contracena com Uma Thurman. Em 1994 é escolhida por Quentin Tarantino para participa no filme Pulp Fiction, contracenando com Samuel L. Jackson, Bruce Wills, o que contribuiu para o seu reconhecimento como uma atriz portuguesa conhecida internacionalmente. Além disso foi nomeada Artista da UNESCO para a Paz em 2008, sendo a primeira portuguesa a conseguir essa proeza.

Senhor dos Anéis – Um Mundo de Fantasia

Toda a história tem um início. Esta começa quando Bilbo descobriu o anel. Escrito por J. R.R. Tolkien, o Senhor dos Anéis é um romance de fantasia. Esta obra é a continuação do primeiro livro de Tolkien, o Hobbit. Sendo toda a história composta em três volumes e traduzido em mais de 40 línguas, os livros alcançaram o sucesso mundial. A história do Senhor dos Anéis ocorre num tempo e espaço imaginado, na Middle-Earth (Terra Média), na Terceira Era. Mais especificamente, segundo Tolkien numa Europa mitológica habitada tanto por humanos como por outros seres: elfos, orcs, hobbits e anões. A história narra o conflito entre o Bem e o Mal entre as diferentes criaturas. Os do lado bom pretendem evitar que o Anel do Poder, volte para as mãos do terrível Sauron, Senhor da Escuridão. A história segue o caminho levado pelo poderoso anel, que por destino coincidiu com Frodo Baggins, um pequeno hobbit do Shire, que conseguiu o anel através do seu tio Bilbo Bagggins. Frodo aceita a difícil missão de proteger o anel e evitar que este caia nas mãos erradas. Assim juntamente com os seus colegas de missão Gandalf (feiticeiro), Boromir (humano), Legolas (elfo), Aragorn (humano), Sam (hobbit), Merry e Pippin (hobbits) e Gimli (anão) deverá destruir o anel nas Montanhas da Perdição, local onde foi criado. Juntos formam a Irmandade do Anel. 

De 2001 a 2003 a obra de Tolkien foi adaptada ao cinema por Peter Jackson com o nome Senhor dos Anéis a Trilogia, e era composta pelo nome dos três livros do escritor. O primeiro filme e livro, A Irmandade do Anel, conta a história da descoberta do anel por Frodo e dos perigos que ele corria por possuir o anel, o mal andava à espreita. Através do seu amigo Gandalf, Frodo consegue esconder-se durante uns tempos na Terra dos Elfos e aí encontra um grupo que decide embarcar na mesma missão que este. A destruição do anel. Porém quando o grupo está a caminho , nas florestas são surpreendidos por uma raça chamada Uruk-hai (espécie de Orcs mas mais violentos). Durante a luta, a Irmandade separa-se: Frodo decide continuar o seu caminho sozinho, pois alguns querem apoderar-se do anel para proveito próprio, mas acaba por levar Sam consigo; Merry e Pippin são sequestrados; Boromir morre durante a batalha; Aragorn, Legolas e Gimli decidem resgatar os hobbits capturados.

No segundo filme/livro as Duas Torres, é a continuação da aventura. Os nossos heróis continuam a sua jornada, com o mesmo objectivo excepto que agora estão separados. Mais vulneráveis e cansados, vão ter que sobreviver ás forças do mal executadas por Saruman, servo de Sauron. Neste novo capítulo surge novas personagens, entre elas o misterioso e horripilante Gollum. Um ser que em outros tempos foi um hobbit, vive agora amaldiçoado com os aspecto medonho, sofrendo de dupla personalidade. Gollum foi descoberto por Frodo e Sam na sua viagem, pois este estava a tentar roubar o anel do poder, o seu precioso. Os portadores do anel não acreditam na inocência de Gollum e decidem aprisiona-lo. Em troca da sua liberdade, Gollum, promete levar os jovens até ás montanhas de Mordor, as Montanhas da Perdição. Apesar de o trato ser feito, Gollum mostra-se infiel e muito desconfiado, pois por um lado da sua personalidade decide ajuda-los a cumprir o objectivo, por outro lado insiste em matar Frodo e Sam e possuir o Anel. Mas Sam não se deixa enganar pelas intenções do antigo hobbit. O Regresso do Rei é a terceira parte da história. Aqui é referida a conclusão de toda a história de fantasia. Com o mesmo objectivo, mas com caminhos diferentes, a Irmandade do Anel depara-se com aventuras, lutas e decisões a ser tomadas. Batalhas entre o Bem e o Mal, entre o Mundo da Fantasia e o da Realidade. Nunca sabendo o que os espera, o grupo vai tentar a todo o custo sobreviver ás batalhas e conseguir o principal objectivo delineado. Serão que vão conseguir destruir o Anel do Poder?

Curiosidades:

  • Realizado por Peter Jackson demorou 18 meses a ser rodado o filme, que mais tarde dividiu-se em três partes: A Irmandade do Anel, As Duas Torres e o Regresso do Rei.
  • Entre a pré-produção, até à data da estreia do filme dos cinemas, ocupou 7 anos na vida do realizador. O script completo ocupava 400 páginas.
  • Todos os filmes juntos do Senhor dos Anéis
  • , foram galardoados com 17 Oscars.
  • O orçamento disponibilizado pela New Line para produzir os três filmes da série O Senhor dos Anéis foi de US$ 190 milhões.
  • Os filmes da trilogia O Senhor dos Anéis foram rodados simultaneamente na Nova Zelândia, entre setembro de 1999 e março de 2001. Apenas após o término das filmagens é que começou o trabalho de montagem e pós-produção de cada um dos filmes.

As Brancas de Neve do cinema

Desde de pequenos que nos habituamos aos contos infantis dos Irmãos Grimm. A história de fantasia da Branca de Neve não é excepção. Cabelos pretos como o ébano, lábios vermelhos como o sangue e pele pálida como a neve é assim descrita a perfeição da personagem principal, Branca de Neve. Juntamente com os sete anões e o beijo do príncipe, a jovem consegue acabar com o feitiço da Bruxa Má que sofre de uma  inveja imensa da beleza. Conto associado à maçã, como instrumento utilizado pela malvada para aprisionar a Branca de Neve e ao Espelho Mágico, no qual a Bruxa o utiliza para saber quem é a mais bela de todos. A história foi adaptada vezes e vezes sem conta para o cinema. De seguida temos alguns filmes que representam o conto infantil dos irmãos Grimm.

Branca de Neve e o Caçador

A ser lançado para o cinema em 2012, a Branca de Neve e o Caçador, conta com um elenco de luxo: Kristen Stewart (Branca de Neve), Chirs Hemsworth (Caçador) e Charlize Theron (Rainha Má).

Apesar de ser o mesmo conto, este filme tem uma adaptação um pouco diferente. Existe três das personagens principais, excepto os sete anões e a história da indefesa Branca de Neve. Aqui a acção é mais notória, o que faz com que estamos a assistir à história que normalmente conhecemos como se fosse a primeira vez.

Branca de Neve e os 7 anões

A Disney não ficou atrás. A Branca de Neve e os sete anões foi realizado em 1937 e é considerado o primeiro filme longa-metragem da aclamada empresa Disney Studios. Neste filme é seguido pelo original das histórias infantis dos Irmãos Grimm. Com os divertidos anões, canções memoráveis que ainda hoje são lembradas, romance e ainda uma pitada de medo são uma mistura a que sempre os filmes animados da Disney nos habituamos.

Branca de Neve: Uma história de Terror

Realizado em 1997, Branca de Neve: Uma história de Terror, conta outra adaptação dos Irmãos colectores de histórias infantis. Neste filme é apresentada a maçã envenenada, minas e um espelho falante, mas com excepção dos sete anões. Esta história passa-se no tempo das Cruzadas. Como atriz principal do enredo temos a aclamada Sigourney Weaver.

Branca de Neve

Branca de Neve é simplesmente o nome do seguinte filme que representa os contos clássicos. Realizado em 2001, este filme de televisão conta com a participação de Miranda Richardson (Rainha Má) e Kristin Kreux (Branca de Neve). Aqui os anões estão presentes e representam os dias da semana. Este filme porém tem uma particularidade diferente, a realização de três desejos.

Mirror Mirror

A ser lançado em 2012, este filme representa também a história da Branca de Neve. Com a presença de Julia Roberts como Rainha Má e de Lily Collins como a princesa. Interligado com os temas de fantasia, comédia e drama esta história promete surpreender,  apesar de já conhecer-mos toda a história.

Especial Saga Twilight

      Nesta semana chega ás salas do cinema, Amanhecer (Breaking Dawn) é um dos filmes mais esperados do ano e promete ser uma conclusão decisiva de toda a Saga Twiligth. Inspirado na obra homónima de Stephenie Meyer de grande sucesso da colecção Luz e Escuridão, que complementa-se num conjunto de quatro livros. A história centra-se em Bella Swan uma jovem insegura sobre si própria, que é enviada para uma pequena cidade chamada de Forks, para viver com o seu pai, o chefe da polícia. A partir desse momento Bella começa um processo de adaptação na escola nova onde não conhece ninguém. Mas tudo muda, quando a jovem conhece Edward Cullen. Um rapaz bem-parecido mas muito misterioso, e que por alguma razão ela não consegue deixar de pensar nele. Contudo Bella descobre que Edward é tudo que nunca imaginava que seria possível. É um Vampiro.

Neste penúltimo filme da saga (o capítulo final foi dividido em duas partes) a história começa com o casamento de Edward e Bella. Porém algo inesperado muda o rumo dos dois amantes durante a sua lua-de-mel. Bella engravida do vampiro Edward. Mas algo parece estar estranhamente errado com o desenvolvimento do bebé. Deparados com uma situação nunca antes enfrentada o grupo teme pela vida de Bella. Decisões deverão ser tomadas e rapidamente, pois o tempo está a esgotar. Bella decide ter o bebé e fará tudo que necessário para vê-lo nascer. O destino dos dois está nas mãos de Edward, o que fará para salvar a vida da sua amada Bella?



http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/VcA3Zfu8UibIm0JbyoTj/mov/1

Harry Potter: A Batalha Final

Recentemente vai ser lançado em DVD e Blu-Ray um grande épico cinematográfico que chegou ao fim este Verão”Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 2″ finaliza o fenómeno que conseguiu juntar milhões de fãs por todo o mundo. Iniciou-se em 1997 com a escritora J. K. Rowling que deu vida a Harry Potter , completando um conjunto de sete livros com uma história repleta de aventura e fantasia. Mas foi em 2001 que conseguiu ter um maior destaque mundial, através da  concepção do filme. Após sete livros e oito filmes, chegou ao fim a derradeira batalha que culmina toda a saga que durou uma década nos cinemas, mas promete marcar várias gerações.


A história é simples: um órfão, Harry Potter descobre que os seus pais eram feiticeiros e que ele também possui poderes mágicos. Este passou 11 anos da sua vida na casa dos seus tios Muggles (nome que se atribui a não-mágicos) que não gostam dele. Porém quando é convidado a estudar na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts toda a sua vida muda. E com os seus novos amigos Ron Weasley e Hermione Granger, Harry enfrenta vários perigos e aventuras, onde o mundo da fantasia não tem fim.

Harry Potter, herói de toda a história, encontra a Pedra Filosofal; enfrenta o terrível monstro da Câmara dos Segredos; procura descobrir a verdade com o Prisioneiro de Azkaban; participa no Torneio de Feiticeiros no Cálice de Fogo; alia-se à Ordem de Fénix com o propósito de destruir o seu inimigo, Lord Voldemort que assassinou os seus pais e cada vez está mais forte; desvenda o mistério do Príncipe Misterioso e  juntamente com o seu mentor, Professor Dumbledore descobre segredos do passado do rival. Por fim descobre todos os enigmas representados nos Talismãs da Morte, que muitos acreditavam como sendo mitos da feitiçaria. Este último livro e filme (reproduzido em duas partes) desvendam mistérios importantes que serão úteis a Harry na luta contra o mal,o seu inimigo Lord Voldemort e o exército dos seus seguidores. Será que o Bem triunfa contra o Mal, ou herói sairá derrotado? Não percam o final épico de toda a história.


Toda a aventura cinematográfica começou à 10 anos, no Reino Unido onde os atores Daniel Radcliffe (Harry Potter), Rupert Grint (Ronald Weasley) e Emma Watson (Hermione Granger) foram escolhidos para os papéis que mudaram as suas vidas e davam os primeiros passos no cinema. A ficção aliou-se à realidade e atualmente são os melhores amigos na história da saga e atrás das câmaras.

Curiosidades

    • A escritora da saga J. K. Rowling, Daniel Radcliffe eo próprio Harry Potter, festejam os seus aniversários no mesmo dia, 31 de Julho.
    • Os livros do feiticeiro mais famoso do mundo, estão traduzidos em mais de 60 línguas.
    • 16 mil foram o número de miúdos que fizeram o teste para o papel de Harry Potter, antes do actor Daniel Radcliffe conseguir ficar com ele.
    • J. K. Rowling demorou cinco anos para escrever o primeiro livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal“. Foi escrito num café na Escócia onde as primeiras anotações foram escritas em guardanapos.
    • Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Tom Felton, Alan Rickman, Bonnie Wright, Devon Murray, James Phelps, Oliver Phelps, Matthew Lewis, Robbie Coltrane e Warwick Davis foram os únicos actores que participaram nos oito filmes.
    • A produção inglesa escolheu quatro vezes – desde 2007, David Yates para realizar o filme Harry Potter.
    • David Yates fez questão de manter o último capítulo o mais fiel possível à história escrita por J. K. Rowling.
    • O último filme Harry Potter e os Talismãs da Morte – parte 2 foi o único lançado com a tecnologia 3D nos cinemas.

Especial Halloween

Se és daqueles que não vais sair para o Halloween e preferes ficar em casa a festejar o dia 31 de Outubro. O Blog oferece umas sugestões de cinema aos mais corajosos. Espíritos, seres fantasmagóricos, almas de outro mundo, Aliens, possessões, exorcismos, pesadelos, morte e muito, muito sangue, são alguns dos cenários representados.

Prepara-te para uma noite de muito Medo e Terror.

1- Shinning O escritor Jack Torrance (Jack Niholson) chega ao elegante Hotel Overlook com a sua mulher e o seu filho. O seu principal objectivo é acabar de escrever o seu livro, enquanto que ao mesmo tempo ocupa-se como guarda de Inverno do espaço. A partir daí tudo vai mudar. Será que Torrance já tinha estado no fantasmagórico Hotel?

2- Psycho Marion Crane e Sam Loomis são amantes, mas  devido a problemas financeiros não podem casar. Através de uma função que o patrão de Marion a encarrega, esta vê a oportunidade de fugir com 400 mil dólares do dinheiro da empresa. Mas em consequência ao mau tempo a jovem é obrigada a parar num motel a caminho. O grande clássico de Hichcock, com a ilustre cena no chuveiro que iniciou a moda dos “serial killers”.

3 – Saw Filme que já vai em sete capítulos em que o último foi lançado recentemente a 3D. A acção dos filmes decorre num espaço repleto de armadilhas. As vítimas terão de assistir a um vídeo onde são dadas indicações sobre qual a única hipótese de sobreviver. Neste filme o ser humano é levado ao extremo, onde apenas o mais forte consegue escapar.

4- The Ring Todos acreditam como sendo uma lenda, mas na realidade não é. Tudo começa com a visualização de uma casste que provoca a morte a quem assiste e quando o telefone toca, a vítima tem apenas 7 dias de vida. A repórter Rachel Keller investiga o caso após quatro adolescentes morrerem de forma misteriosa. Porém Keller assiste à cassete e agora terá de correr em contra-relógio para salvar a sua vida e a do seu filho.

5 – Exorcista Quando uma adolescente é possuída por seres não deste mundo, a sua mãe pede a ajuda a dois padres para ajudarem a sua filha.

6 – Alien 8º Passageiro No interior de uma nave, surge uma estranha criatura espacial hospedada no corpo de um dos tripulantes. Trata-se de um alienígena mortífero que vai dizimar a tripulação um a um.

7 – Poltergeist (O Fenómeno) Um casal californiano passa o terror quando espíritos sinistros invadem a sua casa e raptam a sua filha mais nova

8 – Rosemary´s Baby (Semente do Diabo) Um jovem casal muda-se para um apartamento novo, onde é rodeado por vizinhos e ocorências peculiares. Quando a mulher dele fica misteriosamente grávida, a paranóia sobre a segurança do filho que traz no ventre começa a controlar a sua vida.

9 – Massacre no Texas  A 20 de Agosto de 1973, a polícia foi enviada para a remota quinta de Thomas Hewitt, ex-empregado num matadouro em Travis County, no Texas. O que eles encontraram nos confins da sua críptica residência foram os restos de 33 vítimas, uma descoberta arrepiante que chocou e horrorizou uma nação e que, ainda hoje, muitos dizem ser o mais macabro caso de assassínio em massa de todos os tempos. Brandindo uma serra eléctrica e usando uma grotesca máscara feita a partir da pele das suas vítimas, o assassino ficou para sempre conhecido como “Leatherface”.

10 – Pesadelo em Elm Street Nancy, Kris, Quentin, Jesse e Dean vivem em Elm Street. Durante a noite, todos têm tido o mesmo sonho – um homem com uma camisola vermelha e verde, listada, com um velho chapéu a tentar esconder uma cara desfigurada e uma luva com lâminas na mão direita. E todos ouvem aquela assustadora voz… Um por um, os amigos são aterrorizados nos seus sonhos, onde esta presença dita as regras. Quando acontece uma morte violenta, eles apercebem-se que o que acontece nos sonhos, acontece também na vida real, e a única maneira de se manterem vivos é não dormindo. Os quatro amigos que sobreviveram começam então a tentar descobrir porque fazem parte desta história negra, e o que os liga a este homem. Enterrada no passado está um dívida que agora tem de ser paga, e, para não morrerem, eles têm de entrar também na mente do pesadelo mais obscuro… Freddy Krueger.