Crítica

Velocidade Furiosa 8

Título: The Fate of the Furious
Ano: 2017
Realização: F. Gary Gray
Interpretes: Vin Diesel, Jason Statham, Dwayne Johnson…
Sinopse: Quando uma misteriosa mulher seduz Dom para um mundo de terrorismo este será obrigado a trair a sua família. A equipa irá ter no seu caminho obstáculos como nunca antes vistos.
The Fate of fast and Furious-2

“Velocidade Furiosa” volta para o oitavo filme da saga. A história que podia estar bem desgastada ainda consegue criar um certo drama e clima de tensão que faz sempre falta num bom filme. Dominic Toretto (Vin Diesel) escolhe Cuba como destino para a lua-de-mel. Lá encontra-se com Cipher (Charlize Theron) uma mulher misteriosa que não lhe dá muitas opções e o obriga a trair a sua família. Dom não tem hipótese e é apanhado numa teia de conspiração. A equipa não se conforma com a estranha decisão de Dom e decidem procurá-lo.

The Fate of the Furious” consegue entreter satisfatoriamente o público com cenas repletas de ação e adrenalina e ainda com um bom drama à mistura. Mesmo com a perda de um dos protagonistas. O ator Paul Walker faleceu em 2013. O enredo conseguiu superar-se neste filme, com momentos mais complexos emocionalmente o que torna-se numa mais-valia a este género de filmes. A qualidade na ação prevalece, mas o argumento fica esquecido.

The Fate of fast and Furious-3

Este filme apresenta-se mais refrescante a maduro comparando com os anteriores. Por um lado continua a prevalência em momentos pretensiosos como explosões, corridas a alta velocidade, carros de luxo e tiroteiros, mas por outro existe uma capacidade emocional mais elevada e que consegue captar toda a curiosidade do espectador. Quanto ao elenco novas personagem aparecerem, e outras ressurgem. O cast está cada vez mais pesado. Além dos que já faziam parte da saga inicial como Vin Diesel, Michelle Rodriguez, Tyrese Gibson e Ludacris. Voltam Dwayne Johnson e Jason Statham. Novos elementos chegam ao filme como: Charlize Theron, que até ao momento tornou-se na melhor vilã do franchise, o seu carisma é electrizante; Helen Miren, Scott Eastwood e Kurt Russell.

“The Fate of the Furious” é um filme focado em temas assaltos e cybercrime, bastante atual nos dias de hoje. A história leva com uma nova lufada de ar fresco o que possibilita uma iteração maior para futuras histórias. Este filme está sem dúvida no meu top três dos filmes do franchise. O blog atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s