Crítica

Crítica: Sempre que Te Vejo

sempre-que-te-vejo-2

Título: Charlie St. Cloud

Ano: 2010
Realização: Burr Steers

Interpretes:  Zac Efron, Kim Basinger, Charlie Tahan…

Sinopse: O irmão de Charlie, Sam, morre num acidente de carro. A Charlie foi-lhe oferecido o dom de conseguir ver o seu irmão falecido. No entanto quando se apaixona por uma rapariga, põe em risco essa relação e terá de escolher entre a sua namorada e o seu irmão.

sempre-que-te-vejo-1

Apetecia-me ver um filme ligeiro, sem grandes complicações. “Sempre que Te Vejo” estava nas minhas recomendações da Netflix. O filme dramático centra-se na vida de Charlie, um adolescente que adora o seu irmão mais novo, Sam. No entanto sofre um pouco por estar sempre a tomar conta dele, já que a mãe trabalha exaustivamente por turnos. Tudo muda até ao dia em que Charlie sofre um acidente enquanto estava com Sam. Charlie consegue sobreviver, mas infelizmente o irmão não. A partir desse momento, todos os dias, consegue ter visões do seu irmão, desabafando com ele do seu quotidiano. Entretanto Charlie conhece Tess por quem se começa a apaixonar. Terá de escolher entre o irmão e a sua namorada. Neste filme Zac Efron experimenta um desempenho mais dramático, explorando outras áreas além da comédia. Um jovem adulto que deixa para trás os filmes de adolescentes. É verdade que Efron apresenta-se mais maduro neste papel que lhe consegue aumentar as perspectivas futuras.

Film Title: Charlie St. Cloud
O filme que aparentemente seria mais uma história comum de drama forçada sobre a perda e a força para continuar a viver, surpreende com alguns twists interessantes. Aproveitaram bem a capacidade sobrenatural do protagonista. Este não é uma obra demasiadamente profunda sem devemos focar-nos na sua realidade. Esta é uma história romântica ficcional que também aborda a paixão pelo desporto vela. Este foi só um acréscimo que tornou “Sempre que Te Vejo” em algo diferente, não se focando demasiadamente no drama teen. Concluindo este é um filme de domingo, mas que se diferencia pela perspectiva intimista e menos casual. O blogue atribui 3 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s