Crítica

Crítica: Creed

Nunca vi nenhum filme do “Rocky”. A saga do pugilista começou em 1976 com o filme de sucesso liderado por Sylvester Stallone e só terminou em 2006 com “Rocky Balboa”, entretanto ainda conta com mais quatro filmes no meio. Mais do que uma sequela de “Rocky”, “Creed” é uma renovação. Apela à nova geração. Já vimos isso recentemente com o lançamento do último filme de “Star Wars” em que o antigo elenco se junta a novas personagens e a uma nova história. Este filme funciona da mesma forma e correu tão bem, que tive vontade de ver os seus antecessores.

No epicentro da história temos o jovem Adonis Johnson (Michael B. Jordan), filho do famoso campeão de boxe Apollo Creed, que morreu num combate em Rocky IV (1985). Sempre sonhou seguir as pegadas do pai no mundo dos pesos pesados, e por isso decide procurar um mentor. Rocky Balboa, agora aposentado e amigo de Apollo parece a escolha mais acertada. Convence-lo a voltar aquela vida, não foi fácil. Adonis e Rocky vão ajudar-se mutuamente para evitar a derrota e conseguir a vitória. As jornadas pessoais de cada um e os desafios da vida vão ser colocados à prova nesta filme. “Creed” não é só do género de drama, é a nostalgia dos filmes anteriores. Voltar a ver Stallone no papel que lhe deu fama no cinema, é o toque final épico. [LER MAIS]

CP_creed_destaque

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s