Crítica

Crítica: Só os amantes sobrevivem

onlyloversleftalive1

Título: Only lovers left alive

Ano: 2013

Realização: James R. Jarmuch

Interpretes: Tom Hiddleston, Tilda Swinton, Mia Wasikowska…

Sinopse: Nas cidades românticas e desoladas de Detroit e Tânger, Adam, um músico profundamente deprimido, encontra Eve, a sua amante, uma mulher robusta e enigmática. Esta história de amor dura há séculos, mas este idílio libertino é interrompido pela chegada da pequena irmã de Eve, extravagante e incontrolável. Estas duas pessoas à margem, sábias mas frágeis, poderão continuar a sobreviver no mundo moderno que está em colapso ao seu redor?

only-lovers-left-alive03Depois do mercado completamente saturante sobre seres sobrenaturais, os vampiros são os favoritos do entretenimento. Em Só os amantes sobrevivem a história é contada de uma perspectiva diferente. Fora dos romances adolescentes esta é uma história moderna, de vampiros reais. Só vivem à noite e durante o dia dormem. O casal Eve (Tilda Swinton) e Adam (Tom Hiddleston) tem uma química soberba. Ver os dois juntos é completamente viciante e deixámo-nos seduzir por estes vampiros deprimidos e nostálgicos com a vida, mas que não conseguem estar um sem o outro. Este é o ponto mais forte do filme, o elenco profissional, também Mia Wasikowska consegue dar mais energia à história, através da sua personagem Ava, completamente irresponsável e sem limites. Uma película que só por si podia ser entediante mas que com o cast tudo tornou-se empolgante de assistir.

onlyloversleftalive2Com um humor negro fora do vulgar, Only lovers left alive é um filme peculiar, com um toque excêntrico. A história é negra e o final é inesperado. Crises existenciais, problemas de ansiedade e de medo são alguns dos temas abordados. Achei o papel de Tom mesmo indicado para o ator, que se despe um pouco da personagem de Loki da Marvel. É pena não darem o devido valor a estes filmes indie, pois merecem mais destaque. Gosto muito de ver estes filmes que acabam por me surpreender positivamente, com um enredo absolutamente desigual. O blogue atribui 3, 5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

4 thoughts on “Crítica: Só os amantes sobrevivem”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s