Quem não se lembra?

O meu nome é Earl

mynameisearl-1600x900-800x450_070120140538

Karma is a funny thing

O meu nome é Earl (My name is Earl) é uma série televisiva norte-americana criada em 2005 e terminada em 2009. Com cerca de 20 minutos cada episódio, conseguiu 4 temporadas, com um total de 96 episódios. Série de comédia com um humor hilariante sobre Earl, um homem tipicamente americano que só vive a fazer asneiras, desde roubar, a mentir e a culpar os outros. Ao ser atropelado enquanto corria por ter ganho o Jackpot, decidiu mudar de vida, e guiar-se apenas pelo karma: “se fazes o bem, boas coisas acontecem-te”. Juntamente com o irmão, Randy, que não pensa por ele; Joy a sua louca e drama queen ex-mullher; Darnell o dono do bar que costuma frequentar e agora marido da sua ex-mulher e ainda Catalina um stripper amiga, Earl realizou uma lista de todas as coisas más que fez durante a sua vida e vai corrigir cada uma deles, a fim de ter uma vida melhor. Comecei a ver esta série nas minhas férias, escolhi-a porque vi-a na RTP2 à uns anos e não a terminei. Mas My name is Earl não ficou esquecido, e como podia? Junta personagens interessantes cheias de humor e uma história mais complexa do que aquilo que aparenta. Vi o primeiro episódio e fartei-me de rir, tamanha a genialidade do argumento. Claro que a primeira temporada é a melhor, devida à novidade que demonstra, depois continua a ser sempre a linha de história, sem grandes revelações. Bem, exceto o final que termina com a palavra “Continua…”, mas nunca mais continuou. A série foi cancelada, a FOX não se interessou em continuar o legado, não foi por falta de audiência, mas para não danificar a qualidade da mesma.

No entanto a mesma não foi esquecida, em 2010 foi lançada a série Raising Hope onde praticamente quase todos os elementos do elenco principal participaram, e com muitas referências à série-mãe. My Name is Earl era também uma verdadeira chuva de estrelas, em que personalidades conhecidas apareciam recorrente nos episódios, temos os exemplos de : David Arquette, Chloë Grace Moretz, Danny Glover, Seth Green, Paris Hilton, Juliette Lewis, Jane Lynch, Alyssa Milano, entre outros. Quantos aos atores do elenco principal levam a sua personagem a sério, é caso para elogiar  Jaime Pressly, está excelente como a exigente e energética Joy Turner e Jason Lee fantástico como Earl Hickey. Mas também devo dizer que a personagem de Ethan Suplee, Randy Hickey está demais, ainda hoje me lembro de algumas das suas frases e dilemas ingénuos que tinha. E por falar em frases, são expressões da série como: “Hey Earl, Hi Crabman”, “Oh! Snap” vão ficar na nossa memória. Criada por Greg Garcia esta é uma série que vou recordar, pois faz-nos pensar e coincidência ou não ajudou-me a tomar decisões sobre algumas situações que eram representadas no enredo e que também se aplicava à minha vida. My name is Earl é sobre novas oportunidades, perdoar e se a vida não corre na nossa maneira, podemos tentar sempre dar a volta, existem sempre situações que podemos fazer por nós e pelos outros. Fazer o bem é essencial, e quem sabe o karma pode-nos recompensar. Para quem já viu quero saber a vossa opinião, e para quem ainda não viu, aconselho vivamente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s