Crítica

Crítica: Kick-ass 2 Agora é a doer

kick-ass-2

Kick-ass 2 é um filme de 2013 realizado por Jeff Wadlow, com as participações de Chloë Grace Moretz, Aaron Taylor-Johnson, Jim Carrey, John Leguizamo, Donald Faison nos principais papéis. Sinopse: Kick-Ass, Hit Girl e Red Mist regressam para a sequela do irreverente sucesso de 2010: Kick-Ass 2: Agora é a Doer. Depois da louca coragem de Kick Ass (Aaron Taylor-Johnson) ter inspirado uma nova vaga de heróis mascarados, liderados pelo durão Coronel Stars and Stripes (Jim Carrey), o nosso herói junta-se à sua patrulha. Quando estes super-heróis amadores são perseguidos por Red Mist (Christopher Mintz-Plasse) – renascido como The Mother F%&*^r – apenas Hit Girl (Chloë Grace Moretz), de lâmina em punho, pode impedir a sua aniquilação. A última vez que vimos a pequena assassina Hit Girl e o jovem vigilante Kick-Ass, ambos procuravam viver como os adolescentes normais Mindy e Dave. Com o curso a terminar e sem saber o que fazer, Dave decide criar a primeira equipa de super-heróis do mundo com Mindy. Infelizmente, quando é descoberta a esgueirar-se como Hit Girl, Mindy é forçada a retirar-se – ficando à deriva e por sua conta no terrível mundo do liceu de meninas más. Sem mais ninguém a quem recorrer, Dave junta-se a Justice Forever, liderado pelo renascido ex-criminoso Coronel Stars and Stripes. Quando começam a fazer realmente diferença nas ruas, o primeiro super-vilão do mundo, The Mother F%&*^r, reúne a sua própria liga do mal e coloca em marcha um plano para fazer Kick-Ass e Hit Girl pagarem pelo que fizeram ao seu pai. O seu esquema só tem um problema: Quem se mete com um membro da Justice Forever, mete-se com todos. (Fonte: CinemaGate)

Kick-Ass-2-screenshot-13

Neste filme onde o que importa é ser-se um herói, mesmo sendo uma pessoa normal, desde que haja força de vontade, tudo se consegue, é mostrado como pode existir violência sem censura nem pudor. Aqui é o mundo real, não há efeitos especiais, mas existem heróis e vilões. Passaram-se dois anos desde o primeiro filme da saga e este segundo também na mesma envolvente consegue ter a mesma qualidade. Desta vez em luta contra o Motherf*****, não estão sozinhos, juntamente com o Coronel Stars and Stripes e mais ajudantes que se juntaram à Liga, o kick ass no primeiro filme mudou mesmo a perspectiva das pessoas que decidiram ajudar os indefesos e tornarem-se heróis com mascaras. Enquanto isso a Hit Girl depara-se com alguns problemas pessoais, que a proíbem de continuar como heroína.

kick-ass-2-aaron-taylor-johnson-kick-ass-chloe-grace-moretz-hit-girl-600x329
Este filme é bastante divertido e com uma história que se acompanha bem, as cenas de ação e luta apesar de serem demasiado dramáticas e ensanguentadas dão um aspecto interessante ao filme, que apesar de parecer não pode ser visto por todas as idades. No entanto também há momentos desnecessários que tornam o enredo muito superficial e sem senso. A atriz Chloe Grace Moretz é fantástica e evoluiu bastante como atriz, uma jovem promissora, atrevo-me a dizer que foi a melhor na película. Pelo ator Jim Carrey admito que esperava mais. Por este conjunto de personagens mascaradas o Blog atribui 3 estrelas em 5, vale a pena assistir a este filme.

golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s