Crítica

Crítica: O Fantástico Homem-Aranha 2

O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Eletro é um filme de 2014 realizado por Marc Webb e tem como protagonistas: Andrew Garfield, Emma Stone, Jamie Foxx nos principais papéis. Sinopse: Para Peter, a vida é complicada – entre apanhar criminosos na pele do Homem-Aranha e passar algum tempo com Gwen, a pessoa que ama. Peter não esqueceu a promessa feita ao pai de Gwen de a proteger mantendo-se à distância, mas esta é uma promessa que ele não consegue cumprir. Entretanto, surge Electro, um novo vilão, Harry Osborn regressa e Peter descobre novas pistas sobre o seu passado.(Fonte: CinemaGate).

Os filmes do aranhiço já não nos são novos, já conhecemos a história do rapazinho que ao ser picado por uma aranha ganhou super-poderes e a partir daí combateu o crime de Nova Iorque. Na nossa infância todos nós vimos o desenho animado, já anteriores a esta segunda parte houve uma trilogia protagonizada pelo ator Tobey Maguire. Agora temos Andrew Garfield como Amazing Spider-man, numa versão mais rebelde, descontraído e não tão nerd Peter Parker, onde consegue a miúda, o seu amor da adolescência, Gwen Stacy, o trabalho e ainda salvar o mundo do crime. Neste filme o nosso herói tem 3 inimigos pela frente: Elektro, O Green Goblin e ainda o Rinoceronte,  e que muito tempo lhe vão ocupar. Para não falar do seu amigo Harry Osborn que acabou de chegar à cidade devido ao falecimento do seu pai, e por isso terá de se tornar herdeiro da fortuna Osborn. Como não faltava, Peter ainda terá de lidar com a verdade sobre a morte dos seus pais.

Como aspectos positivos no filme foram as cenas recheadas de efeitos especiais, que torna a película bem mais real e empolgante. Aviso já para quem tiver problemas de epilepsia que não convém assistir ao filme, os efeitos visuais de luz são constantes que até deixa os olhos a brilhar. Outra das coisas fantásticas realizadas nas cenas de ação são as paragens no tempo e os momentos em slow-motion é que percebemos como tudo funciona. Quanto aos aspectos negativos temos a falta de dramatização e como o filme acompanha demasiada história do protagonista é difícil mantermos-nos atentos a tanta informação, e por isso existem elementos que ficam um pouco para trás. O blog atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s